Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Marcos Pontes toma posse no Consad da Embrapa

Ministro afirmou que tem o papel conectar o ministério e colocá-lo como uma ferramenta para auxiliar a Embrapa a ser cada vez mais protagonista da agricultura no planeta

Pela primeira vez, um ministro de Estado vai atuar como integrante do Conselho de Administração da Embrapa (Consad), participando das decisões relacionadas à Empresa e a sua atuação no cenário da pesquisa agropecuária nacional.  Na tarde desta quinta-feira (04 de abril) tomou posse, na 168ª reunião do conselho, o atual ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, com a missão, segundo ele, de contribuir com o encaminhamento dos desafios da Embrapa e com o setor agrícola brasileiro.

“Gostaria de agradecer e começar dizendo por que eu estou aqui”, disse ele, perante os demais conselheiros e a diretoria da Empresa. “Meu papel é conectar o ministério e colocá-lo como uma ferramenta para auxiliar a Embrapa a ser cada vez mais protagonista da agricultura no planeta”, afirmou, referindo-se à importância da tecnologia para que a pesquisa possa se desenvolver ainda mais e superar os desafios e as necessidades que se apresentam no cenário da agropecuária.

Segundo ele, será uma prioridade ajudar nessa conexão. “Da maneira como estruturamos o ministério, nossa intenção é que ele realmente seja uma ferramenta prática para se chegar a produtos, serviços, novas empresas com base tecnológica”, comentou. “Se conseguirmos nos aproximar o suficiente e levar as informações que ajudem  na regulamentação na área de ciência e tecnologia e políticas públicas do país, com o apoio da estrutura do ministério, laboratórios de base, laboratórios estruturantes, universidades e tudo o que a gente puder conectar, o trabalho da Embrapa será potencializado e eu estou aqui pra isso”, garantiu.

O ministro – que comentou preferir ser chamado pelo nome e não pelo cargo, assim como os demais conselheiros – lembrou acompanhar o trabalho da Empresa há muitos anos, destacando inclusive o experimento da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, em 2006, quando foi avaliada por ele, pela primeira vez, a germinação de sementes de Gonçalo Alves, árvore nativa do cerrado, na Estação Especial Internacional.

Marcos Pontes foi saudado pelos conselheiros do Consad  e pelo presidente da Embrapa, Sebastião Barbosa, que reafirmou a importância de ter a Empresa alinhada ao Governo Federal. “Estamos aqui para atender ao setor agrícola brasileiro, tanto o agronegócio quanto agricultura familiar de base”, disse.

Novo conselheiro
Engenheiro aeronáutico formado pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e mestre em Engenharia de Sistemas pela Naval Postgraduate School, Califórnia, EUA, o atual ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes ficou conhecido no mundo como o primeiro e único astronauta brasileiro a ir para o espaço, em março de 2006, acompanhado do russo Pavel Vinogradov e do norte-americano Jeffrey Williams, com destino à Estação Espacial Internacional.  Pertenceu à Força Aérea Brasileira (FAB), onde  foi instrutor, líder de esquadrilha de caça e piloto de testes. Em 1998, foi selecionado em concurso público para a Agência Espacial Brasileira para representar o Brasil na NASA na função de astronauta, na carreira civil.

Sobre o Consad
Instalado em 1997, o Consad é um órgão da administração superior da Embrapa, responsável pela organização, controle e avaliação das atividades da Empresa, que tem a competência, entre outras, de fixar as políticas de ação da instituição. É o Consad que aprova os Planos Diretores e os Planos Anuais e Plurianuais de trabalho, o regimento interno, o modelo institucional e a estrutura organizacional, política e quadro de pessoal, incluindo a tabela de salários e outros benefícios. A partir da aprovação da Lei 12.353/10, que dispõe sobre a participação de empregados nos conselhos de administração das empresas públicas e sociedades de economia mista, os empregados passaram a ter um representante no conselho.

O Consad tem reuniões ordinárias mensais, podendo se reunir extraordinariamente sempre que necessário. E uma vez ao ano, sem a presença do presidente da Embrapa, para aprovação do Plano Anual de Atividades de Auditoria Interna e do Relatório Anual das Atividades de Auditoria Interna.

A atual formação do Conselho de  Administração da Embrapa é a seguinte: presidente Fernando Silveira Camargo (secretário de Inovação, Desenvolvimento Rural e Irrigação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento/Mapa); vice-presidente Orlando Leite Ribeiro (secretário de Comércio e Relações Internacionais do Mapa); membros : Sebastião Barbosa (presidente da Embrapa); Marcos Pontes (ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações); Francisco Erismá Oliveira Albuquerque (coordenador-geral de Crédito Rural e Normas da Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda) ; Cláudia de Araújo Guimarães Kattar (Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais – Sest/Ministério do Planejamento) e Antônio Maciel Botelho Machado (pesquisador da Embrapa Florestas).