Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Klabin utiliza nova tecnologia em sua fábrica para ajudar a combater o Covid-19

A empresa está instalando um túnel de ozônio na entrada de seu setor industrial. Esta medida é considerada eficaz para desinfetar a superfície externa

Para fortalecer os procedimentos de saneamento e limpeza adotados por seu departamento e melhorar a segurança dos funcionários, a Klabin, maior produtora e exportadora de papéis para embalagem do Brasil, está instalando um túnel de ozônio no ponto de entrada e saída de sua fábrica. O novo sistema funcionará nas fábricas da empresa em Telêmaco Borba-PR, Ortigueira-PR, Otacílio Costa-SC e Angatuba-SP nos próximos dias, com o objetivo de melhorar a desinfecção da superfície externa. A idéia é que a tecnologia seja adotada em outros negócios da empresa em todo o país em breve. A aplicação será realizada em um túnel inflável de três metros de comprimento com bicos responsáveis pela dispersão de gotículas de ozônio. Os funcionários passarão pelo túnel na entrada e saída do turno para melhorar a higiene de roupas, sapatos, mochilas e EPI (equipamento de proteção individual)

O ozônio é um desinfetante eficaz, tradicionalmente usado na indústria de alimentos, não causa danos à saúde das pessoas e tem sido usado como uma medida auxiliar contra o coronavírus. A Klabin possui um comitê de crise que avalia constantemente as melhores práticas para prevenir e combater o Covid-19. Desde a pandemia, a empresa tomou rigorosas precauções para garantir a segurança de seus funcionários, envolvidos na produção de papel e embalagem, que fornecem itens essenciais para a população em áreas como higiene e limpeza. E material hospitalar.

Além da aquisição de túneis de ozônio e outros acordos adotados e atualizados continuamente, a empresa também desenvolveu em tempo recorde um aplicativo “Klabin Saúde”, que simplifica os serviços prestados aos funcionários da operação do Paraná e permite a interação com a equipe médica. Unidades que estão mais próximas na distância. A empresa mantém cuidados diários permanentes, operando assepticamente a instalação e recentemente doou álcool em gel a todos os seus profissionais para levar para casa.

Fonte: Celulose Online