Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Klabin é referência no uso de tecnologias de ponta

Há quatro anos a Klabin iniciou as operações da Unidade Puma, uma das mais modernas e sustentáveis fábricas de celulose do mundo, que conta com o que de mais avançado existe no mercado. Agora, com o Projeto Puma II, a duplicação da linha existente e a construção de duas máquinas de papel, a empresa seguirá fazendo uso de tecnologias de ponta na operação. O Sistema de Simulação de processo (digital twins), por exemplo, será ampliado, além de diversas outras inovações que serão implementadas, tais como o uso de robôs para identificação e embalagem dos produtos interligados a Sistemas de Inteligência de controle de produção (MES) e o uso de data analytics para controles avançados de processo.

Em termos de implantação de tecnologias relacionadas à Indústria 4.0, a Klabin está evoluindo de maneira inteligente, com o estudo antecipado dos desafios encontrados na cadeia produtiva das unidades de negócio (Florestal, Papel e Embalagens). Este estudo, chamado Plano Diretor de Digitalização, é feito com base em consultorias e benchmarkings internacionais e possibilita a otimização dos investimentos na Indústria 4.0 com maior assertividade, alinhado ao Plano de Crescimento Estratégico da Klabin.

A partir desse trabalho, diversos projetos já foram implementados na Unidade Monte Alegre, tais como o data analytics relacionado ao processo produtivo de papel e o Sistema Automático de Reclassificação de Produtos, baseado em inteligência artificial e visual analytics, para controle de defeitos na produção de papel. Outros, ainda, estão em fase piloto, como sistemas de manutenção prescritiva baseado em machine learning, além de estudos em andamento que fazem uso de tecnologia RFID associada a Sistemas de Gerenciamento de Armazéns (WMS), de óculos de realidade virtual /aumentada, entre outros.

Fonte: Ibá Digital