Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Entidades do setor de celulose e papel lançam pela primeira vez campanha conjunta

Conceito quebra modelo tradicional de comunicação do setor e lança ação disruptiva para o setor valorizar seus atributos socioambientais

O segmento de base florestal se organizou para, pela primeira vez, colocar em ação uma campanha que envolverá 15 entidades da cadeia de celulose, papel e embalagem de papel. O objetivo é impulsionar os benefícios socioambientais do setor e de seus produtos. Assinam esta força conjunta seis entidades nacionais e mais nove associações estaduais.

Com o mote #SouMaisPapel, foram desenvolvidos materiais para Facebook, Instagram (feed e Stories) e Whatsapp em 12 diferentes temáticas, como clima, água, energia, sustentabilidade, biodiversidade, entre outros. Diferencial é a comunicação provocativa, a fim de fisgar a atenção do público por meio do inusitado, lançando mão de recursos surreais.

“Primeira vez se unem em uma campanha de comunicação 15 entidades da cadeia produtiva que tem como base as árvores cultivadas para fins industriais.  Este é um setor que dialoga com o futuro e constitui importante ferramenta para o combate dos impactos das mudanças climáticas. Seus produtos são opções relevantes para a demanda de consumidores preocupados com a sustentabilidade e que buscam produtos de base renovável, recicláveis, biodegradáveis e muitas vezes compostáveis.  Com atuação alinhada à bioeconomia e com investimentos em  ciência e tecnologia, o setor já vislumbra novos usos da celulose na indústria farmacêutica, química e até mesmo têxtil. Hoje a viscose já é uma alternativa, mas em breve haverá ainda mais opção vinda da madeira que revolucionará este mercado”, afirma Paulo Hartung, presidente executivo da Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

A cada semana será abordado um tema com diversos materiais de suporte, cards, gifs, vídeos, para as mídias sociais, como Facebook, Instagram e Whatsapp, e artigos e vídeos dos representantes das entidades para as mídias tradicionais e canais institucionais, como LinkedIn. A amplitude de entidades participantes e produtos darão corpo à ação e levará a mensagem a um público amplo.

“É um novo passo para a comunicação do setor, demonstrando que é possível ser um pouco mais ousado e ao mesmo tempo passar mensagens de consumo consciente, sustentabilidade e preservação”, afirma Cindy Correa, gerente de Comunicação da Ibá.

Liderada pela Indústria Brasileira de Árvores (Ibá), associação nacional do setor de árvores cultivadas, a campanha também foi desenvolvida e é apoiada pelas entidades setoriais Abigraf (Associação A Associação Brasileira da Indústria Gráfica), ABPO (Associação Brasileira de Papelão Ondulado), ABTCP (Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel), ANAP (Associação Nacional dos Aparistas de Papel) e Two Sides. Junto a elas, nove associações representativas estaduais massificarão as mensagens regionalmente: ABAF (Associação Baiana de Empresas de Base Florestal), ACR (Associação Catarinense de Empresas Florestais), Ageflor (Associação Gaúcha de Empresas Florestais), AMIF (Associação Mineirada Indústria Florestal), APRE (Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal), Arefloresta (Associação dos Reflorestadores do Mato Grosso), Cedagro (Centro de Desenvolvimento do Agronegócio), Florestar (Associação Paulista dos Produtores, Fornecedores e Consumidores de Florestas Plantadas) e Reflores MS (Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas).

Veja o vídeo de lançamento abaixo e acompanhe as ações conjuntas nos próximos três meses nas redes sociais de todas as associadas.