Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Apre recebe a visita do pré-candidato Ratinho Jr para discutir o setor de florestas plantadas do PR

Durante o encontro, a diretoria da Apre apresentou algumas das demandas elencadas como fundamentais para o desenvolvimento do setor de floresta plantada

A Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre) recebeu nesta terça-feira, 10, o pré-candidato ao governo do Estado do Paraná, Ratinho Jr. O objetivo do encontro foi discutir o desenvolvimento florestal do estado do Paraná.

De acordo com Ratinho Jr, o objetivo do trabalho que ele pretende exercer à frente do Executivo do Estado passa pelo planejamento e o entendimento de qual é a matriz econômica do Paraná. “O agronegócio é onde podemos competir e mais rapidamente avançar. Nosso objetivo é criar um banco de projetos para acessar recursos que já estão disponíveis, inclusive no exterior, e buscar metodologias para que o setor privado possa atuar de forma conjunta com o poder público”, afirmou. O pré-candidato salientou que a intenção é estabelecer um modelo de gestão pública arrojada.

Durante o encontro, a diretoria da Apre apresentou algumas das demandas elencadas como fundamentais para o desenvolvimento do setor de floresta plantada. Os três principais pontos apresentados a Ratinho Jr foram a necessidade de o setor integrar institucionalmente a Secretaria de Agricultura com uma diretoria ou departamento de florestas plantadas; a implementação da política de Parceria Público-Privada (PPP) na área de infraestrutura viária rural; e a implantação do Programa de Regularização Ambiental (PRA), no âmbito do Cadastro Ambiental Rural (CAR) no Estado do Paraná.

Também participaram do encontro o ex-secretário de Agricultura do Paraná, Norberto Ortigara, e o presidente licenciado da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo. Ortigara reforçou a importância das florestas plantadas para a economia do Estado e lembrou a parceria estabelecida entre a Apre e a Secretaria de Agricultura, enquanto ele esteve à frente da pasta.

A APRE espera receber os outros pré-candidatos ao governo do Estado para discutir os temas florestais e apresentar o mesmo documento, como forma de contribuir para os planos de governo.