Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Apre participa de reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do Mapa

O diretor executivo da Apre, Ailson Loper, participou, no dia 03 de junho, de maneira remota,  da 47ª Reunião da Câmara Setorial de Florestas Plantadas  (CSFP) do Mapa. Os grupos que estão trabalhando na implementação do Plano Nacional de Desenvolvimento de Florestas Plantadas (PNFP) apresentaram o status das atividades com destaque para o GT de Energia que está focado na melhoria do PL2475/2019, que dispõe sobre a Política Nacional de Biocombustíveis Florestais. O grupo  entende que o texto atual não contempla  o Acordo de Paris e o PNFP, além de conter conflitos com outros atos normativos. Sendo assim, foi proposta uma mudança de estratégia visando a construção de um substitutivo e articulação com autor do PL, deputado José Mário Schreiner (DEM/GO). A Ibá apresentou resultados que contribuem diretamente para o avanço  do plano como: i)  fortalecimento do sistema de defesa sanitária floresta (ONF2) no qual  documentos de análises de risco e plano de contingência para as principais pragas quarentenárias foram entregues ao Mapa; ii) remoção de barreiras culturais e técnicas para a construção de casas de madeira (ONF7)  por meio da elaboração do infográfico sobre madeira na construção civil; e iii) ampliação da comunicação e a promoção comercial do setor de florestas plantadas e seus produtos (ONF 10) em que a associação tem atuado na divulgação das ações de combate e prevenção da Covid- 19, doações realizadas pela empresas florestais, além da divulgação do setor em rede nacional  na campanha do Agro é Pop, da Rede Globo.

Apresentado pelo Helinton Rocha, da Secretaria de Politica Agrícola do Mapa,  como o Ministério tem trabalhado junto aos presidentes das Câmaras Setoriais e Temáticas para mapearem os riscos das diferentes cadeias produtivas do agro visando  aprimorar ações estratégicas para recuperação e retomada do crescimento em resposta aos impactos relacionados ao coronavírus. Na oportunidade, foi destacada a grande organização do setor e base florestal na elaboração de estratégias de combate a pandemia evitando a contaminação das equipes de trabalho e consequentemente  a paralização das atividades.

Fonte: Destaque Ibá