Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Apre e ACR realizam reunião conjunta em Santa Catarina

A Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre) e a Associação Catarinense de Empresas Florestais (ACR) receberam, no dia 15 de agosto, seus associados para a tradicional reunião conjunta entre as duas associações. O encontro aconteceu na sede recreativa da Mobasa, em Rio Negrinho (SC), e teve a participação de mais de 70 pessoas.

Na avaliação de Ailson Loper, diretor executivo da Apre, o encontro foi bastante produtivo, com muita interação entre os participantes. Segundo ele, a apresentação de Carlos Mendes sobre o Fundo Cooperativo para Melhoramento de Pinus (Funpinus), um projeto inédito, gerou grande interesse por parte das empresas. “A troca de experiência entre as associadas dos dois Estados traz muito ganho para as empresas e, certamente, grande evolução para o setor florestal como um todo”, garante.

Na reunião, o gerente florestal da Valor Florestal, Jorge Fiates, apresentou algumas ferramentas tecnológicas que estão sendo utilizadas na gestão de ativos florestais em sete estados do Brasil. A empresa opera em 87 mil hectares de florestas plantadas, sendo aproximadamente 57% com pinus e 43% com eucalipto, em sete estados do país.

“As ferramentas que utilizamos fazem o uso de drone, que é menos custoso do que imagens de satélite na geração de ortomosaicos. São informações sobre a rede viária, áreas de preservação permanente, talhões com reflorestamento e outras.”

Fiates falou também sobre o monitoramento das máquinas de colheita florestal e o controle eletrônico para inventário florestal, que lança informações em um sistema ao mesmo tempo em que em faz o georreferenciamento.

Ainda no encontro, o professor Jorge Matos destacou os trabalhos da Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná (FUPEF), vinculada à Universidade Federal do Paraná (UFPR). Ailson Loper e Mauro Murara Jr, diretores executivos da Apre e ACR, respectivamente, também apresentaram estudos que cada associação está realizando em seu respectivo estado e compartilharam alguns resultados.

Fechando a reunião, Carlos Mendes, secretário executivo do Fundo Cooperativo para Melhoramento de Pinus (Funpinus), detalhou os resultados recentes e o andamento dos trabalhos. O encontro também serviu para que os participantes pudessem discutir os projetos de pesquisa do macaco prego e clorose.

Confira as fotos publicadas no site da ACR.

*Com informações da ACR