Pinus. Foto: Berneck.

Sala de Imprensa

Notícias

Apre doa casa de brinquedos em wood frame para projeto social em Piraquara

Por conta da ação, entidade recebeu certificado de parceria transformadora

Depois de ter doado ao projeto Manancial a casa de brinquedos em wood frame construída durante o 4º Simpósio Madeira & Construção, a Associação Paranaense de Empresas de Base Florestal (Apre) recebeu da instituição, neste fim de semana, o Certificado “Parceria Transformadora”, uma forma de homenagear as empresas que apoiam o projeto e atuam em parceria para desenvolver atividades socioeducativas com crianças de cinco a 14 anos de Guarituba, um bairro carente em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. A entrega foi feita durante a I Mostra de Atividades do Manancial, que foi realizada no dia 02 de dezembro.

“Aproximadamente 20 entidades receberam o certificado, todas aquelas que nos ajudaram ao longo de 2017 de alguma forma. Organizamos a mostra como uma forma de mostrar aos nossos parceiros todo o trabalho que é feito no Projeto Manancial, bem como para eles poderem ter uma ideia do contexto do bairro e também ver o retorno que o apoio deles tem dado para as crianças. Por isso, resolvemos homenageá-los e entregar o certificado neste dia, porque é muito importante para nós poder mostrar esses resultados gratificantes”, avalia Felipe Gabriel Motin, gestor de projetos do Manancial.

Durante a Mostra de Atividades, foram divulgados os resultados das oficinas de Taekwondo, Artes e Valores. Além disso, o coral, o grupo de dança e a escola de futebol fizeram apresentações. A Mostra teve também uma exposição de arte, com atividades desenvolvidas durante o ano pelas crianças. Para fechar o evento, a fundadora do Projeto Manancial fez um pequeno discurso e entregou os certificados aos parceiros.

Casa em wood frame

As peças da casa em wood frame construída durante o 4º Simpósio Madeira & Construção foram entregues ao Projeto Manancial no fim de outubro, em uma parceria entre a Apre, a Tecverde e a Faculdade Estácio de Curitiba, e a montagem fez parte da semana acadêmica da Estácio, com alunos do curso de Arquitetura, profissionais da Tecverde e voluntários do projeto. O grupo fez também uma revitalização do espaço. O projeto foi coordenado pela professora Janice Bernardo e desenvolvido e executado por Kastner Drewello e Frederico Oliveira, em parceria com Silvio Prizibela, coordenador do curso de Arquitetura da Estácio de Curitiba.

Para Ailson Loper, gerente executivo da Apre, é gratificante para a Apre poder colaborar com um projeto tão importante, que realmente faz a diferença na vida das crianças que precisam. “A doação é uma forma de contribuir com a comunidade e com aqueles que precisam. Ao mesmo tempo, temos a chance de mostrar à população as técnicas sustentáveis de construção com madeira e de apresentar os benefícios do uso da madeira na construção civil. Ter contato com uma casa construída em wood frame pode ajudar a quebrar o preconceito das pessoas e fazer com que elas identifiquem que é possível, sim, ter uma residência resistente e de qualidade com a madeira como matéria-prima principal”, reforça Loper.

A casinha, segundo o gestor de projetos do Manancial, tem sido utilizada para fins lúdicos e recreativos, mas também como uma forma de construção da identidade das crianças. De acordo com Felipe Motin, o bairro Guarituba, em Piraquara, onde o projeto está inserido, é uma das maiores áreas de ocupação de Curitiba e Região Metropolitana, e as crianças vivem em locais com vários riscos. Por isso, o gestor destaca que a casa em wood frame veio com a proposta de reforçar a identidade de habitação e de estrutura dentro do processo de desenvolvimento da criança, tanto social, como pedagógico.

“Dentro da oficina de artes e de valores, criamos uma proposta de fortalecimento da identidade e da relação que a criança tem consigo mesma e com as pessoas ao seu redor, principalmente a família. Dessa forma, a casa serviu como espaço de construção de identidade social. Algo que nos emocionou bastante é que as crianças começaram a brincar na casinha e estabelecer um espaço delas ali dentro. Percebemos que elas encontravam o seu espaço lá, ludicamente num papel ativo de estruturação de família e de identidade. Por isso, tentamos alinhar a casa ao nosso processo pedagógico, para ter mais do que um fim somente de recreação. Pretendemos continuar ano que vem”, completa Felipe Motin.

Serviço
Projeto Manancial
Endereço: Rua São José, nº 62, Guarituba – Piraquara (PR)
Contato: manancialesperanca@hotmail.com